Fui convidado a falar no TED X Coimbra, acontecido no Teatro Académico Gil Vicente, em 20 de Outubro de 2012. O tema geral; ”Sentir, partilhar, transformar emoções”, deu-me total liberdade e responsabilidade, para 18 minutos de monólogo improvisado. Escolhi chamar-lhe, ”Todos diferentes, todos iguais”. Não fiz planos, não usei cábulas, limitei-me a falar, como o faço com a família, amigos e colegas, divagando sem rumo, por memórias e vivências. Estranhamente não me senti nervoso, nem amedrontado, talvez por inconsciência, talvez por inexperiência.

No final, ninguém abandonou a sala, nem cortou os pulsos. Não me bombardearam com ovos podres, talvez por estarem distraidos, ensonados, ou espantados. Enfim, acredito que não correu mal.

Quando tiverem 18 minutos, escutem-me:

Texto de apresentação, publicado pela organização e link:

”…Viajante amador, por tradição familiar, paixão, vocação e devoção. Eterno
aprendiz de escritor, com muitos livros escritos e guardados na gaveta.

Não coleciona carimbos, nem passaportes caducados e não sabe quantos
lugares visitou. Parte sem preconceitos e regressa incomensuravelmente mais
rico, porque conhece e aprende com todos os que se cruzam no seu caminho,
mais tolerante e solidário.

Gosta de fotografar pessoas e rostos, mas pede sempre autorização para o
poder fazer.

Gosta de contar histórias de viagens e de recordar pessoas que, apenas
passando fugazes, na sua vida, aí permanecerão para sempre…”.

http://www.youtube.com/watch?v=ao9hx8rJqC0&feature=youtu.be

Advertisements